“A Amazônia é o jardim de Deus, e aqui tem muitas flores muito bonitas que são as pessoas que moram neste local. O Instituto Amor tenta contribuir para que essas flores sejam bem cuidadas.”

                O Instituto Amor, foi recomendado por uma amiga de uma queridíssima amiga. E viva as oportunidades que o Facebook cria. Entrei em contato com o Marcelo, por meio do whatsapp, combinamos de nos encontrar, mas os horários a princípio não coincidiram. Na véspera de nossa partida de Novo Airão, acabei sabendo que ele estava na cidade e finalmente conseguimos nos re-conhecer. Esta é uma iniciativa que precisa ser divulgada!

              Marcelo enfatiza que o Instituto Amor é um coletivo, pois são as pessoas que contribuem com esse trabalho de jardinagem.  Voluntários se reúnem em prol de praticar o amor. Ele explica a dicotomia da região, que apesar de ser tão rica em recursos naturais, é tão carente socialmente. O Instituto Amor tem um barco “Jóia Rara” há um ano e neste barco ele oferece a oportunidade de pessoas conhecerem a Amazônia de uma maneira diferente, contribuindo socialmente, além de financeiramente.

                 Ele é paulista e se mudou para a Amazônia exclusivamente para trabalhar com o social, pois considera ser responsável por esse patrimônio da humanidade. Aliás, nós do Projeto re-Conhecendo o Brasil concordamos que somos todos responsáveis por esse local. O Instituto Amor, trabalha regularmente com cinco comunidades da região. Ele conta com um dentista e médicos que oferecem seus serviços mensalmente para atender a essas comunidades. Os consultórios estão localizados dentro do barco.  Ele ressalta a importância de espalharmos/semearmos a maior força de todas “o amor”. O Instituto atua em três áreas: educação, saúde e empreendedorismo social/economia solidária “são trabalhos a longo prazo”, explica Marcelo. Ele também nos contou que tem um menino de uma das comunidades que atualmente está sendo tratado por neurologistas em São Paulo. O Instituto Amor colaborou para que isso fosse possível!

                Meu momento foi muito breve com o Instituto Amor. Fui muito bem recebida pelas pessoas que estavam no barco vivenciando a Amazônia. Tive a oportunidade de comprar um óleo de copaíba orgânico feito em uma das comunidades que eles atuam. Essa é uma iniciativa que conta exclusivamente com a doação de pessoas que querem ajudar o instituto a continuar com seu trabalho de jardinagem tão importante.

               Por favor, espalhe as sementes do Instituto Amor divulgando a iniciativa deles! Se você puder e quiser conhecer um pedacinho da Amazônia de uma maneira muito especial, considere viajar com o Jóia Rara!

                   Link do site do Instituto Amor: http://www.institutoamor.org.br/